A tentativa de estourar um caixa eletrônico em uma agência do banco Bradesco na cidade de Mazargão a cerca de 190 quilômetros de Goiânia, quase deixa morto um acusado de integrar uma quadrilha que iria roubar o banco, quando o mesmo preparava a bomba para explodir o equipamento bancário.

Com a mão dilacerada, o bandido foi deixado para trás pelos comparsas que fugiram e também deixaram uma caminhonete, uma motocicleta e um Uno que ajudava na operação criminosa.  Equipes do Comando de Operações de Divisas (COD) patrulhavam a cidade de Corumbaíba, onde era alvo inicial dos bandidos, que ao perceberem a presença dos policiais resolveram assaltar o bando da cidade de Mazargão.

O bandido que se acidentou foi preso por policiais do Grupo de Patrulhamento Tático de Caldas Novas (GPT). Os policiais também informaram que um dos bandidos deixou o celular para trás, logo em seguida a mulher dele ligou e o sargento atendeu fingindo ser o bandido e a mulher confirmou a suspeita: "o que vcs foram fazer em Mazagão, não era pra ser em Corumbaíba?"

O acusado foi conduzido para um hospital que não teve o nome revelado e a segue sendo atendido.

Foto: Bocão News