O prefeito Lorimar Luis Gaio (PV), de São Jorge D’Oeste, no Sudoeste do Paraná, renunciou ao cargo na tarde desta terça-feira (5). O pedido de renúncia foi encaminhado ao presidente da Câmara de Vereadores Osmar Marmitt. A decisão pegou os aliados de surpresa. Na carta, Gaio afirma ter trabalhado dia e noite pelo município e sempre desejou ver a cidade livre de corrupção e injustiças. “Mas, me sinto incapaz de exercer tal função”, escreveu. Este era o primeiro mandato de Gaio como prefeito. 

No documento ele disse ainda que deixa o cargo com a “consciência tranquila” e que não se envergonha da sua curta administração. Ele afirmou que pretende retornar a profissão de agricultor e que pretende auxiliar o município de outras formas. “Retorno a minha vida simples de agricultor, profissão que eu muito amo, acreditando ainda que posso, de outras maneiras, como cidadão de bem, contribuir para um município melhor”, afirmou. Gaio também agradeceu aos eleitores que depositaram a confiança nele. “Despeço-me de todos com a certeza do dever cumprido, pois trabalhei e dediquei-me pelo bem do povo de São Jorge D´Oeste”, declarou.

O secretário de Educação, Jovandir Pessaro, contou que a renúncia do prefeito foi “uma surpresa geral”. Ele lembrou que na sexta-feira (1º) Gaio estava animado e discutindo a programação de aniversário da cidade, comemorado no dia 23 de novembro. “O município está chocado, as pessoas estão tristes”, afirmou.

O vice-prefeito Gilmar Paixão (PT) deve assumir o cargo. A renúncia deve ser lida em uma sessão da Câmara. A próxima reunião dos vereadores acontece na segunda-feira (11), mas é possível que seja convocada uma sessão extraordinária. 
Leia a nota enviada pelo prefeito à Câmara na íntegra:

"Venho através desta, comunicar a esta casa de leis, o meu pedido de renúncia ao cargo de Prefeito do município de São Jorge D´Oeste. Tenho trabalhado dia e noite neste curto espaço que ocupei tão nobre função, pois sempre desejei um município livre da corrupção e injustiças, mas me sinto incapaz de exercer tal função. Deixo o cargo a mim conferido, com minha consciência tranquila e em nada, absolutamente em nada, me envergonho nesta curta trajetória política, enfatizo ainda, que minha decisão é de caráter pessoal. Por fim, agradeço o apreço que recebi da população e dos colegas servidores, deixando o meu respeito ao companheiro Gilmar Paixão, meu vice, pessoa maravilhosa que aprendi admirar. Retorno à minha vida simples de agricultor, profissão que eu muito amo, acreditando ainda, que posso, de outras maneiras, como cidadão de bem, contribuir para um município melhor. Agradeço de todo coração a confiança, o respeito e o carinho de todos. Despeço-me de todos, com a certeza do dever cumprido, pois trabalhei e dediquei-me pelo bem do povo de São Jorge D´Oeste, de igual maneira, desde o primeiro dia do meu mandato até o dia de hoje.

Atenciosamente,  LORIMAR LUIS GAIO Prefeito de São Jorge D´Oeste. 
Contribua para o debate, comente abaixo sobre o assunto colocado. 
Fonte: Gazeta do Povo