Uma travesti foi presa esta semana em Ribeira do Pombal acusada de agredir um cliente na cidade de Araci.

Segundo informações do portal R7, a travesti estava em Tucano, quando o cliente parou o carro e seguiram juntos até Araci. Depois de passar o dia todo com o homem na cidade, Ana cobrou o programa e o cliente se recusou a pagar o total. “O valor era R$ 200 e não R$ 170,” disse Vitória. A travesti puxou o canivete e o homem se cortou ao tentar tirar a arma de sua mão.

Ana Vitória já tinha passado um mês na cadeia, após esfaquear uma colega. A acusada diz que gosta de sair com caminhoneiro, pois eles não a maltratam e que é apaixonada por um gaúcho, que a vê sempre que passa pela região.
O travesti é natural de Ribeira do Pombal e disse que vêm todos os dias para Araci.