Cristiano e Wellington foram presos em São Paulo

O filho da vencedora da Mega da Virada que forjou o próprio sequestro para tentar tirar dinheiro da mãe vai responder pelo crime de extorsão, informou a Polícia Civil de Várzea Paulista (SP).

Cristiano Araújo dos Santos, de 22 anos, juntamente com Wellington Santos Oliveira, de 20 anos, que ajudou Cristiano a aplicar o golpe na mulher, estão presos no Centro de Triagem de Jundiaí (SP) e devem ser encaminhados para a Bahia. A faxineira participou de um bolão com outros 21 funcionários do Hospital Municipal de Teofilândia e recebeu cerca de R$ 2 milhões de prêmio.

De acordo com a polícia, os dois fingiram o sequestro e pediram resgate no valor de R$ 300 mil. A polícia apresentou os suspeitos nesta segunda-feira (3). Segundo a polícia, Cristiano ligou para a mãe, que trabalha como faxineira no hospital de Teofilândia, a 25 km de Serrinha, dizendo que foi sequestrado e que precisaria pagar o amigo Wellington após ter usado R$ 250 mil para libertá-lo dos supostos sequestradores. Cristiano chegou a alegar, segundo a polícia, que o colega teria vendido uma casa, além de uma moto e um carro para conseguir o dinheiro do resgate.
Delegado Getúlio Queiroz esteve à frente das investigações
Ainda conforme a polícia, Wellington também ligou para a vítima ameaçando matar o filho dela se ele não devolvesse o dinheiro e pagasse mais R$ 50 mil.

Segundo o delegado Getúlio Queiroz Leal, titular da Delegacia Territorial (DT) de Teofilândia, "todas as ligações tinham o objetivo de tentar extorquir dinheiro da mulher".

A ação - Assim que ficou sabendo do sequestro, a mulher avisou a Polícia Civil, que, através  do Serviço de Inteligência (SI) da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), sob o comando do delegado Henrique Moraes, passou a acompanhar as ligações. A polícia baiana desconfiou do crime e acabou descobrindo que o rapaz estava tentando extorquir a mãe. Orientada pelos policiais, a mulher chegou a fazer depósitos na conta de Cristiano com valores abaixo do pedido.

A Polícia Civil conseguiu imagens de câmeras de segurança de um banco em Várzea Paulista que mostravam Cristiano entrando na agência para fazer o saque. Ao ver as imagens, a ganhadora do prêmio reconheceu o filho. Logo após, foram expedidos os mandados de prisão. Fonte: PCS
Filho de ganhadora da Mega da Virada mora nesta casa em Várzea Paulista-SP