Está marcada para acontecer, nesta quarta-feira (16), uma paralisação de 24 horas dos professores estaduais em adesão aos servidores públicos do Estado.

Segundo Marilene Betros, diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), haverá uma assembleia dos servidores, nesta quarta, para discutir o ajuste salarial, o pagamento do reajuste linear em duas vezes, 2% em abril (retroativo a janeiro) e 3,91% em julho, e cobram o pagamento da Unidade de Real Valor (URV).

A assembleia será no ginásio do Sindicato dos Bancários, Ladeira dos Aflitos, no Centro. Devido à paralisação, os professores, assim como os outros servidores só voltarão ao trabalho após o feriadão, na próxima terça-feira (22).