Após furar dois bloqueios e atirar contra blitz da Polícia Militar, que acontecia na madrugada desta terça-feira (6), na BR-116, no município de Serrinha, dois homens foram perseguidos pela polícia e morreram após o capotamento do veículo Corsa Classic, placa JPY-5945, que estava em alta velocidade, entre o entroncamento de Lamarão e Santa Bárbara.

De acordo com a Central de Comunicação do 16º BPM, os suspeitos ultrapassaram uma primeira abordagem, que ocorreu por volta da meia-noite, nas proximidades do posto de combustível Alto Sereno, já efetuando tiros. Uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) foi acionada. Os policiais não foram atingidos pelos disparos.

 
"A outra guarnição foi acionada na frente, no entroncamento da cidade. Eles furaram a segunda barreira e seguiram em alta velocidade. Enquanto estavam sendo perseguidos, eles perderam o controle do veículo e capotaram diversas vezes em uma ribanceira perto da fazenda Caçador", informou o delegado plantonista da Delegacia Territorial, Daniel Tuhy.

Antônio Carlos dos Santos, de 45 anos, e Jamilson Freitas Luz, de 35, foram projetados para fora do veículo. Ambos são das cidades de Ubatã e Valença, respectivamente. Após o acidente, eles foram levados pela PM para o Hospital Municipal de Serrinha, mas não resistiram aos ferimentos, segundo o delegado. 

Aproximadamente 28 kg de maconha foram encontrados no interior do veículo. A droga estava dividida em quatro sacos, disse Daniel Tuhy. O caso foi registado na DT de Serrinha. Fonte: PCS