DSC_0015
Um ônibus escolar de placa policial: PFH-1927, pertencente à Prefeitura Municipal de Jatobá, no Estado de Pernambuco, foi atingido por uma carreta baú, de placa; JRM-0013, licença de Governador Valadares- MG, na tarde desta quarta-feira dia (23), por volta das 14h45min, na BR-410. O acidente aconteceu nas imediações do contorno que dá acesso a sede do município de Tucano, ao distrito de Creguenhem.

Segundo informações do motorista do transporte escolar, Alessandro Andrade Silva, seguia de Feira de Santana-BA, com destino a Jatobá, com o veículo carregado de alunos Indígenas, quando o mesmo foi atingido na lateral esquerda pela carreta, que tentava desviar de uma cegonha. “A sorte é que a carreta pegou de raspão na lateral. Por pouco não aconteceu uma tragédia”, disse Alessandro.

De acordo com o condutor da carreta, Erionaldo Lucena Pereira, seguia do Estado da Paraíba, com destino a Belo Horizonte – MG, quando foi surpreendido pela cegonha de dados não anotados, parada em uma lombada na rodovia, e ao tentar frear o veículo, ele acabou derrapando no asfalto molhado e atingindo o ônibus escolar na lateral, e em seguida a carreta saiu da pista.

Segundo Lafaiete Souza da Silva, cacique da Tribo Pankararu, os Indígenas, estavam retornando em dois ônibus escolares, da Faculdade Estadual de Feira de Santana (UEFS), onde os mesmos fazem faculdade, quando um dos veículos, foi atingido pela carreta. “Graças a Deus que não aconteceu nada de mais com nosso povo, apenas susto e prejuízo material. Ou seja, ninguém ficou ferido”, relatou o Cacique.

A Tribo Pankararu vive entre os municípios de Tacaratu, Jatobá e Petrolândia, numa reserva indígena, nas margens do rio São Francisco, em Pernambuco. Fonte: Gil Santos Notícias