Foragido da Justiça que se vestia de mulher para enganar polícia é preso
Foragido da Justiça e suspeito de envolvimento em homicídios, na cidade de Esplanada, o acusado de tráfico de drogas, Robson da Silva Gomes, o “Boró”, depois de preso, na manhã de terça-feira (25), no bairro de Baixa Grande, surpreendeu os investigadores da Delegacia Territorial (DT) daquela cidade ao revelar que vestia roupas femininas para evitar ser reconhecido pela polícia, quando circulava pela cidade.

“Boró” foi localizado por policiais militares e tentou escapar ao cerco policial pulando o muro de uma residência vizinha, mas foi alcançado e conduzido à DT/Esplanada, onde teve o mandado de prisão preventiva, por tráfico, roubo e homicídio, cumprido na unidade policial. Ele também estava com uma arma no momento da prisão e foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma.

Segundo o delegado Wagner Marinho, titular da DT/Esplanada, “Boró” confessou ter matado Gerson Cardoso de Almeida, em outubro deste ano, e tentado matar o filho da vítima, duas semanas depois. Ele disse ainda ter assassinado um adolescente identificado como Michel Peterson Costa Santos, em maio, assumindo, também, a autoria da tentativa de homicídio contra um homem de prenome “Bugue”.

Todos os crimes foram praticados, segundo a polícia, em companhia de um traficante conhecido como “Abílio”, que está sendo procurado. “Boró” ficará custodiado na carceragem da DT/Esplanada à disposição da Justiça.