Um projeto desenvolvido pelo estudante do ensino médio Marcelo Oliveira Pinto, 16 anos, de Conceição do Coité, na região do sisal, promete revolucionar a indústria motociclística e reduzir os índices de acidentes fatais envolvendo motociclistas.

Marcelo desenvolveu, em apenas quatro dias, um sistema onde o veículo só funciona se o condutor estiver usando capacete, sendo que se o equipamento for retirado após a moto funcionar, esta interrompe imediatamente.

Segundo o site Calila Notícias, o adolescente contou com a ajuda da estudante Poliana Mascarenhas, de mesma idade. A ideia já levou os jovens à duas feiras de ciências em Salvador e Fortaleza, e já estão de malas prontas para outra feira, no Rio Grande do Sul.

Segundo os pequenos inventores, o foco da ideia é pela segurança contra acidentes, mas serve também para evitar furto, pois se o bandido chegar usando outro capacete a moto não funciona, afinal cada capacete precisa ter um sistema rádio transmissor interligado com a motocicleta e não reconhece outro.

Veja vídeo: