De vítima a acusado. Do hospital para a cadeia. Esse foi o desfecho de uma tentativa de homicídio cometida na noite desta segunda-feira (13) em Serrinha. Depois de ser atingido com vários tiros e ser socorrido no Hospital Municipal (HM), Alex Silva Souza achou que somente iria ser medicado e liberado posteriormente. Mas foi no leito do próprio hospital que ele recebeu voz de prisão pelo crime de homicídio e assim que se recuperar já tem como destino certo o ‘cebolão’ de Serrinha.

Segundo informações da Polícia Militar, Alex estava dentro de um bar, no povoado da Camiranga, quando um homem, identificado por ele como “Danguinha”, se aproximou, sacou uma arma e disparou vários tiros. Na sequência, o atirador fugiu. Alex foi atingido no abdômen e no braço direito. Após o crime, o rapaz foi socorrido e encaminhado ao HM.

Enquanto era medicado, os policias que atenderam à ocorrência resolveram checar se o acusado tinha algum antecedente criminal. Nesse momento, os investigadores da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Serrinha) descobriram que o homem baleado era foragido da Justiça e estava com mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio.

O delegado Hidelbrando Alves, titular da Delegacia Territorial (DT/Serrinha) informou que Alex é acusado de matar Silvando Sena de Jesus, no dia 14 de junho de 2014, no povoado da Macambira. [relembre o caso]

Após a tentativa de homicídio e mesmo em uma cama de hospital, o rapaz recebeu voz de prisão e agora está sob escolta policial. Assim que deixar a unidade, ele será encaminhado ao conjunto penal da cidade. O homicida não confirmou o que pode ter motivado o atentado mas a polícia acredita que o crime pode estar relacionado a acerto de contas entre rivais.

Fonte:PCS