Uma mulher de trinta anos, que mora em Feira de Santana, cidade a 68 quilômetros de Serrinha, faz apelo para realizar cirurgia bariátrica. Adizaite Gomes engordou 140 kg em menos de um ano e atualmente pesa 240 kg. O peso impede a ex-tatuadora de fazer coisas básicas, como caminhar, se alimentar e dormir.

Em outubro do ano passado, quando chegou em Feira de Santana, a cearense pesava aproximadamente 100 kg. “As pessoas diziam que eu estava mais gorda, mas eu não percebia. Tenho dificuldade de andar, de respirar, está tudo mais difícil, dói os pés, a coluna”, conta a ex-tatuadora.

Atualmente, a jovem anda com bastante dificuldade e relata que tem problemas até para dormir, porque se sente sufocada a depender da posição. Para fazer as tarefas de rotina como pentear o cabelo e tomar banho, conta com a ajuda do companheiro.

Desempregada, Adizaite Gomes mora de favor no bairro Pedra do Descanso, e há meses não sai de casa. “Eu não faço nada, só deito. Nem tomar banho eu tomo só. Eu não durmo deitada, eu durmo sentada porque sufoca”, relata.

Solidariedade - Sensibilizada com a história da mulher, a dona de casa Ana Lúcia Batista tem feito de tudo pela saúde da ex-tatuadora. “Tem uns três meses que conheço ela. Eu disse que dinheiro eu não tinha, mas o que eu pudesse fazer para ajudar, eu iria ajudar”, disse a dona de casa.

“Eu quero ter condições de andar, não depender de ninguém. Não precisar de ajuda nem para banho, só andar, só caminhar”, apela a ex-tatuadora. Como ela tem dificuldade de locomoção, os médicos precisam ir até a casa da mulher para fazer consultas de rotina. Em uma dessas visitas, Adizaite descobriu que tem pressão alta e diabetes.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, uma cirurgia bariátrica para Adizaite Gomes será pedida ao governo do estado. Ainda nesta quinta-feira (3) ela deve começar a fazer uma bateria de exames para o procedimento.