O prefeito de Tucano, Igor Nunes, publicou nesta sexta-feira (25) um novo decreto (nº 088) que revoga o anterior prevendo a mudança de dia da feira livre do município em caráter provisório por 90 dias e estabelecendo outras medidas. Com a decisão do gestor, a feira permanece sendo realizada aos sábados.

A nova publicação da Prefeitura leva em consideração o pronunciamento da Central das Associações Comunitárias de Tucano (Cactu), que protocolou um ofício no dia 14 de setembro, depois de reunião com as associações, defendendo que a mudança de dia da feira livre acarretaria prejuízo econômico, afetando, principalmente, os agricultores familiares que comercializam seus produtos na feira livre.

O decreto considera, ainda, o Projeto de Lei de iniciativa dos vereadores de Tucano apresentado na sessão ordinária desta quinta-feira (24) em que expressam posicionamento contrário à mudança de dia da realização da feira, além dos resultados obtidos através da pesquisa de opinião pública e outras ações que foram estipuladas pelo decreto nº 078, publicado no dia 31 de agosto.

Entenda a Proposta de Mudança – No dia 25 de agosto, a CDL promoveu um evento com comerciantes e empresários da cidade, que se mostraram, em sua maioria, favoráveis à mudança.

A partir da vontade de mudança e decisão dos participantes do evento, o prefeito publicou no dia 31 de agosto o decreto nº 078, que estipulava metas a serem cumpridas para uma possível mudança de dia da feira livre, visando, sobretudo, escutar a opinião dos demais moradores, principalmente da zona rural.

Uma das principais metas estipuladas pelo gestor era ouvir o posicionamento da Cactu sobre a proposta de mudança e o posicionamento do legislativo municipal, além de realizar pesquisa de opinião pública na cidade.

Ascom PMT