12094967_715294365272102_5120168490288360536_o
O Hospital Municipal de Barrocas  teve  momentos de pânico na noite desta segunda (12) médico, enfermeiros, técnicos e funcionários e até acompanhante de paciente deixaram a unidade as pressas. 

A informação confirmada ao site O Dia News por funcionários é que familiares de uma paciente a qual estava gestante que veio a óbito após ser transferida, revoltados os familiares da vitima invadiram a unidade acusando o hospital  de negligência e dizendo que iria matar os culpados, disse uma funcionaria temendo o pior.

 O médico plantonista, além de técnicos e demais funcionários fugiram as pressas da unidade deixando 3 pacientes. As informações ainda não confirmada pelo hospital santana é que luzia teve complicação no parto cesário, como sintomas de convulsão vindo a ter eclampsia, a criança nasceu viva mas  Luzia  veio a óbito na noite desta segunda feira (12). Segundo informações de funcionários do hospital Após a anuncio da morte  mais de 10 familiares de Luzia indignados foram até  hospital de Barrocas, dizendo que iria tocar fogo na unidade hospitalar e acusando de negligência médica, eles bradavam questionando “cadê o secretario de saúde”, “cadê esse médico” diziam indignados. 

Todos os funcionários fugiram do hospital que ficou mais de 6 horas sem atendimento, a policia militar deu segurança a unidade por um bom tempo, depois um médico foi acionado e veio assumir o plantão já na madrugada de terça-feira. O diretor do Hospital Robenildo Brito esteve na unidade,  afirmou que tudo será esclarecido dentro do tempo.