O ex-prefeito de Tucano, José Rubens de Santana Arruda, o "Rubinho", foi denunciado pelo Ministério Público Federal por superfaturar em mais de R$ 10 mil uma obra em uma escola da cidade com recursos do Fundeb [Fundo para Educação Básica].

De acordo com o MPF, o fato ocorreu em 2007. Na mesma ação, o órgão denunciou também Ronaldo Ramos de Macedo, responsável pela RR Construções e Serviços Ltda., empresa que firmou contrato com a prefeitura para construção de muro e grades na Escola Zélia de Brito Moreira Ramiro.

De acordo com a denúncia do procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior, os réus superfaturaram a obra, pagando o total de R$ 134.850. Os acusados podem pegar de dois a 12 anos de reclusão pelo crime de responsabilidade por apropriação ou desvio de bens ou rendas públicas.