A cidade de Cipó, a 98 km de Serrinha, foi atingida por fortes chuvas na tarde desta segunda-feira (4), provocando diversos estragos no município. Em alguns locais, o cenário era de destruição. Residências foram destruídas pelas tempestades. Os fortes ventos destelharam casas, árvores e postes, o que deixou a cidade sem energia, internet, água e sinal de telefonia. Até a delegacia local foi destelhada. 

De acordo com informações do blog Arildo Leone, os serviços estão sendo restabelecidos aos poucos. Os estragos provocados pelas chuvas levaram o prefeito Romildo Pereira Santos decretar estado de calamidade pública no município. Em nota, a prefeitura informou também que os tradicionais festejos de Reis da cidade também foram suspensos. 

"Estamos sem luz ainda nesta terça-feira [6], as linhas telefônicas de celular não funcionam, só as de telefonia fixa. Caiu até granizo", relatou a moradora Cinthia Dantas. "Eu tenho 30 anos e sempre morei aqui, nunca tinha visto algo do tipo. O comércio da cidade está fechado. Foi realmente assustador, nunca vi algo do tipo na cidade. As pessoas mais velhas, que moram em Cipó há muito tempo também se assustaram porque nunca viram nada parecido", acrescentou.

A Coelba informou que está ciente da falta de luz em Cipó e reforçou as equipes na área. Disse ainda que a empresa está trabalhando até encerre as ocorrências, contudo não tem previsão de quando a luz será reestabelecida, pois nem todo serviço é possível ser feito enquanto há chuva.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a mínima na cidade é de 23ºC e a máxima é de 38ºC. O tempo está nublado com pancadas de chuvas e até possíveis trovoadas isoladas que seguem até o sábado (9).
Realmente assustador. Nunca tinha visto algo do tipo', disse moradora

Tempestade destruiu casas e derrubou arvores na cidade