IMG-20160122-WA0100
Foi encontrado no inicio da tarde da última sexta-feira dia (22) o corpo de um homem, identificado como José Andrade da Silva, de 39 anos, residente na Avenida 15 de novembro em Caldas do Jorro. 

O mesmo se encontrava dentro de uma barragem, na fazenda Japão, zona rural do município de Tucano.

Segundo informações de um irmão da vítima, que preferiu não se identificar, “Zé do Agenor” como era conhecido, havia saído de casa na quinta-feira dia 21, por volta das 6horas da manhã, dizendo que iria caçar e não mais retornou. Ainda segundo o rapaz, ao ser informado pela sua cunhada, no dia seguinte que seu irmão, não havia retornado da caçada, ele saiu à procura do mesmo, numa propriedade, onde era de costume Zé do Agenor caçar. Na propriedade, foi encontrada a espingarda e a motocicleta da vítima.

Informações ainda dão conta de que, após encontrar os pertences da vítima, as pessoas que os estavam procurando, adentraram na barragem e após quase duas horas de procura, encontraram o corpo do caçador no fundo da aguada, preso a lama.

A suspeita é de que, Zé do Agenor, tenha morrido afogado após adentrar na barragem para recolher um Pato, ou seja, um (Marreco), que ele havia matado, e sofrerá um ataque epilético, já que o mesmo era portador do problema.

O corpo foi periciado e em seguida recolhido ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade de Euclides da Cunha, onde passou por necropsia e em seguida foi liberado.  Seu sepultamento aconteceu por volta das 10 horas deste sábado, 23, no cemitério do distrito de Caldas do Jorro.
IMG-20160122-WA0171

Fonte: Gil Santos Notícias