Pelo terceiro ano consecutivo, o prefeito ACM Neto (DEM) foi avaliado como o melhor gestor do país. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Paraná e o ranking dos melhores gestores levou em consideração as 13 maiores capitais do país.

ACM Neto lidera com 85% de aprovação popular, seguido de Rui Palmeira (PSDB) de Maceió, com 64% de aprovação, e Geraldo Júlio (PSB), prefeito do Recife, com 58% de aprovação. ACM Neto tem 21% a mais de aprovação do que o segundo colocado. Índices que dão à gestão do prefeito de Salvador uma blindagem popular para que ele continue no trabalho de mudar os rumos da cidade.

Fernando Haddad (PT), de São Paulo, com 28%, e Paulo Garcia (PT), de Goiânia, com 23% disputam a lanterna para ver que é o pior prefeito do Brasil, entre as grandes capitais - posto que fica com o PT. Abaixo o ranking do Instituto Paraná.

1 - ACM Neto (DEM) - Salvador (BA): 85%
2 - Rui Palmeira (PSDB)- Maceió (AL): 64%
3 - Geraldo Júlio (PSB) - Recife (PE): 58%
4 - Marcio Lacerda (PSB) - Belo Horizonte (MG): 55%
5 - José Fortunati (PDT) - Porto Alegre (RS): 54%
6 - Cézar Souza Jr (PSD) - Florianópolis (SC): 49%
7 - Alcides Bernal (PP) - Campo Grande (MS): 49%
8 - Gustavo Fruet (PDT) - Curitiba (PR): 48%
9 - Eduardo Paes (PMDB) - Rio de Janeiro (RJ): 42%
10 - Zenaldo Coutinho (PSDB) - Belém (PA) : 37%
11 - Roberto Cláudio ( PDT ) - Fortaleza (CE): 36
12 - Fernando Haddad (PT) - São Paulo (SP): 28%
13 - Paulo Garcia (PT) - Goiânia (GO): 23%