IMG-20160104-WA0053
Estar preso na carceragem da delegacia de Euclides da Cunha, região sisaleira da Bahia, João Carlos Miranda Cerqueira, de 36 anos. Ele é apontado como sendo o autor do assassinato de sua ex- esposa, Josefa Cardoso Cabral, 29, fato ocorrido no dia 20 de dezembro de 2015, no povoado de Umburaninha, interior do município de Tucano.

Segundo informações de familiares, Josefa estava separada do companheiro a cerca de quatro meses, e, o mesmo, não aceitava o fim do relacionamento. Diante de diversas tentativas de reconciliação, porém sem êxito, Cerqueira, acabou matando a ex- mulher, com um golpe de faca, na altura do tórax.
DSC_0287
Após o crime, Popô como é conhecido, fugiu e só depois de 48horas, se apresentou na Delegacia, acompanhado de advogados. Como já havia livrado o flagrante, o delegado titular de Tucano, Paulo José de Oliveira, o ouviu e em seguido, o liberou. Fato que deixou a sociedade tucanense inconformada. Após receber o inquérito por parte da polícia judiciaria, a respeito do homicídio, a Justiça decretou a prisão preventiva de João Carlos Miranda Cerqueira.

 O homem foi detido por policiais, na quarta-feira dia 30 de dezembro, na residência de uma irmã, no povoado de Tiririca, também pertencente ao município de Tucano, e encaminhado a DP de Euclides da Cunha, onde se encontra a disposição da Justiça.

Da redação do Gil Santos Notícias