De acordo com pesquisa divulgada nesta quarta (2), pela Fundação Oswaldo Cruz de Pernambuco, não é só com o mosquito Aedes aegypti que devemos nos preocupar. Ao que parece, mosquitos da espécie Culex, os pernilongos, são capazes de abrigar também o vírus da zika.

De acordo com a bióloga Constância Ayres, que lidera a pesquisa, apesar dos resultados obtidos até agora serem alarmantes, ainda é cedo para afirmar que essa espécie possa infectar humanos. Segundo a pesquisadora, que também é vice-diretora de Ensino e Incentivo à Pesquisa da Fiocruz de Pernambuco, ainda são necessários mais estudos.