Um menino de sete anos morreu afogado em um clube de Jaguarari, no norte do estado, a 265 km de Serrinha. A criança chegou a ser levada para o hospital da cidade, mas já chegou à unidade sem vida. O caso ocorreu no domingo (22) e o corpo foi liberado do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro na segunda-feira (23). Não há detalhes para qual o município que o corpo da criança foi levado.

O afogamento é investigado pela delegacia de Senhor do Bonfim, também no norte da Bahia. De acordo com o delegado responsável pela coordenadoria de polícia da região, Felipe Néris, a polícia está analisando os fatos, mas não disse com quem a criança estava no dia do afogamento.

"O clube é obrigado a ter salva-vidas, então vamos ver se não tinha. Se tiver, vamos apurar o motivo do salva-vidas não ter visto a criança se afogando. A direção do clube vai ser ouvida e vamos analisar tudo para imputar a responsabilidade", disse.

Através de sua assessoria, o clube informou que, nos fins de semana, dois salva-vidas ficam o tempo todo na região da piscina. O estabelecimento ainda afirmou que todos no clube estão extremamente comovidos com a situação e que está prestando assistência à família.

Ainda segundo o clube, o local funciona há mais de 30 anos e é a primeira vez que um acidente desse tipo acontece. A assessoria do estabelecimento ainda destacou que não deixa menor de idade entrar no local sem a companhia de um adulto, e que alguns primos estavam com ele, e a mãe estava em uma área ao lado da piscina.

Fonte; PCS