Foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (12) uma portaria do Ministério da Integração Nacional reconhecendo a situação de emergência no município baiano de Ribeira do Pombal, por conta da estiagem que afeta a região. A portaria de reconhecimento federal tem vigência de 180 dias.

Com a situação de emergência reconhecida pelo governo federal, a administração municipal poderá ter acesso às ações de socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais, entre elas a Operação Carro-Pipa, que auxilia o governo municipal no fornecimento de água tratada para a população.

Além disso, o reconhecimento também possibilita ao município outros benefícios, como a renegociação de dívidas no setor de agricultura, a aquisição de cestas básicas e o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a retomada da atividade econômica.

De acordo com o secretário de Administração e Finanças de Ribeira do Pombal, Roberto Alcântara, a situação de emergência foi solicitada em 27 de dezembro de 2016. Ele conta que a cidade tem tido muitos prejuízos com a estiagem.

"Somos um dos maiores produtores de caju da Bahia, e em 2015 fomos o maior produtor de mel do país. Por conta da falta de chuvas, quase toda a safra de castanha de caju foi perdida e a produção de mel reduziu extremamente. Muitos apicultores migraram as colmeias para outras regiões. Além disso estamos tendo uma perda considerável do rebanho bovino. Toda nossa agricultura familiar está comprometida", falou o secretário.