Municípios da região de Feira de Santana se reuniram para formação de um novo consórcio de saúde na Bahia. Prefeitos e representantes das 28 cidades envolvidas se reuniram nesta quinta-feira (19), com o governador Rui Costa, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Na ocasião, foi assinado o protocolo de intenções para formação de consórcio. Durante a reunião, Rui Costa autorizou o processo de licitação para a construção da policlínica da região, no município de Feira de Santana. É estimado que cerca de R$ 23 milhões sejam investidos no projeto, entre obras e equipamentos.

As cidades participantes do consórcio somadas tem mais de um milhão de habitantes. Além disso, o governo do estado arcará com 40% dos custos de manutenção da unidade de saúde. “Estamos reescrevendo páginas da política de saúde pública na Bahia. É uma construção que estamos fazendo à base de articulação e cooperação entre Estado e municípios. Um investimento que considero indispensável para dar dignidade ao atendimento das pessoas”, afirmou o governador.

As cidades que integram o consórcio são Amélia Rodrigues, Anguera, Capela do Alto Alegre, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Feira de Santana, Ichú, Ipirá, Irará, Mundo Novo, Nova Fátima, Riachão do Jacuípe, Santanópolis, Santo Estevão, Serra Preta, Teodoro Sampaio, Antônio Cardoso, Baixa Grande, Candeal, Gavião, Ipecaetá, Pé de Serra, Pintadas, Rafael Jambeiro, Santa Bárbara, São Gonçalo dos Campos, Tanquinho e Terra Nova. Na policlínica, a população dos municípios terá acesso a consultas, exames e procedimentos em até 18 especialidades médicas.

Este é o nono consórcio de saúde firmado no estado. As regiões de Teixeira de Freitas, Jequié, Irecê, Guanambi, Camaçari/Salvador, Santo Antônio de Jesus, Valença e Alagoinhas também possuem consórcios firmados. Dentre estas cidades, quatro policlínicas estão em construção, em Teixeira de Freitas, Jequié, Irecê e Guanambi. A meta é que até 2018 mais de cinco milhões de baianos estejam sendo atendidos em unidades regionais das policlínicas.