O prefeito de Serra Preta, na Bacia do Jacuípe, Rogério Serafim Vieira de Souza, o Aldinho, (PTN), enviou um projeto à Câmara de Vereadores local para diminuir os salários de prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários.

A iniciativa vai ser votada na manhã desta terça-feira (7). De acordo com Rogério Serafim, a medida visa apagar o que considera um abuso, feito no final da gestão do ano passado quando os salários dos dirigentes municipais tiveram aumentos “exorbitantes”.

“Nós fizemos uma proposta de redução dos salários que tiveram esse aumento. Assim, os valores vão fiar reajustados apenas de acordo à inflação. Minha ideia inicial era voltar a um salário anterior, mas acho que essa redução é um avanço”, disse o prefeito.

Em Serra Preta, o salário de prefeito está em R$ 20 mil, o de vice-prefeito em R$ 10 mil, o de secretário em R$ 7,4 mil e o de vereadores fica em R$ 7,2 mil.

A proposta votada nesta terça propõe um salário de R$ 15 mil para o prefeito, R$ 7,7 mil para o vice-prefeito, e R$ 5,1 mil para secretários. Não foi informado o valor para vereadores. Aldinho disse que caso a iniciativa seja reprovada pela Câmara vai acionar o jurídico.