(Foto: Reprodução)
Na última sexta-feira (10), uma cobra da espécie Naja, extremamente venenosa e que não existe na fauna brasileira, foi encontrada em uma estação de água na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, funcionários da estação encontraram a serpente por volta das 10h da manhã, em posição de ataque. No entanto, ao consultarem o animal no manual dos bombeiros, viram que ela não está no cadastro nacional.

A cobra pertencente à espécie Naja kaouthia, tem veneno que pode matar até um elefante, estava bastante agressiva e a captura foi muito difícil. O animal pode ter entrado no país em um navio de carga, mas existe a possibilidade de contrabando de países africanos ou asiáticos.

Como a Naja não tem predadores naturais no país, uma proliferação do animal causaria um imenso desequilíbrio ambiental. Agora, ela permanecerá em quarentena no zoológico da cidade e deve ser encaminhada para o Instituto Butantã, em São Paulo, onde já existem cerca de trinta exemplares da espécie.

Fonte: Varela Notícias