Jornalista e apresentador da Rede Bahia de Televisão, Ricardo Ishmael se prepara para lançar o primeiro livro de contos inspirados no sertão nordestino. O curioso destino de Rita Quebra-Cama reúne sete contos de ficção e aborda temas que vão desde a seca até as lendas urbanas, passando por questões como disputa pela posse de terras, dilemas de família, relações amorosas. "São temas amplos, universais, que tratam da condição humana, dos limites a que nos vemos submetidos nesse tempo-lugar que é, ao mesmo tempo, real, duro, sofrível, mas, também, mítico, poético", diz o autor. Violência, tragédia e realismo fantástico estão presentes em algumas histórias, mas o livro também traz narrativas pitorescas, divertidas, bem humoradas.

O lançamento oficial de O curioso destino de Rita Quebra-Cama será no dia 10 de maio, no foyer do Teatro Castro Alves, em Salvador. A Editora Solisluna, responsável pela edição, criou um cronograma de lançamentos em cidades do interior, a exemplo de Serrinha, cidade natal de Ricardo Ishmael. As datas e lugares serão divulgados logo após o lançamento na capital baiana. "Quero que o livro chegue efetivamente ao sertão, aos lugares e às pessoas que me inspiraram, incentivaram. Meu desejo é que as histórias de Rita Quebra-Cama alcancem não apenas os lugares maiores, mas, também, as localidades mais longínquas deste sertão", conclui.

O curioso destino de Rita Quebra-Cama já pode ser comprado pela internet. O livro está à venda no portal de financiamento coletivo CATARSE. O endereço é www.catarse.me/ritaquebracama. Ao adquirirem o livro, os leitores poderão escolher recompensas, que vão desde marcadores de páginas exclusivos até um café com o escritor, que também é apresentador-titular do telejornal Jornal da Manhã, da TV Bahia. A campanha na internet também reserva espaço para as empresas interessadas em adquirir o livro.

Sobre o autor - Ricardo Ishmael é natural de Serrinha, cidade do semi-árido baiano, famosa por dois eventos de destaque no calendário nacional: a Procissão do Fogaréu, na Semana Santa, e a festa de Vaquejada, em setembro. É um dos oito filhos do marceneiro Antônio e da dona de casa Julia. Descobriu nos livros, ainda criança, uma paixão que o acompanharia desde então. Passou pela faculdade de Licenciatura em História da UEFS, Universidade Estadual de Feira de Santana e, logo em seguida, formou-se bacharel em jornalismo pela UESB, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, em Vitória da Conquista. Conheceu as técnicas de roteiro para TV, cinema e vídeo numa pós-graduação lato sensu oferecida pela, à época, Faculdade Jorge Amado, em Salvador. Trabalha desde 2001 na Rede Bahia de Televisão, grupo de emissoras afiliadas à Rede Globo. Já ocupou as funções de estagiário e produtor de reportagem e há sete anos é apresentador-titular do telejornal Jornal da Manhã, da TV Bahia, além de repórter e editor.

Fonte: PCS