Um garoto de 6 anos ofereceu o cofrinho de moedas a três assaltantes em troca da vida dos pais. O caso aconteceu na noite do último dia 23, dia do aniversário da criança. Apesar do apelo, o marceneiro José Eleandro, de 37 anos, foi morto na frente do filho e da esposa.

Os criminosos invadiram o sítio da família, em Juquitiba, na grande São Paulo, por volta das 23h30. José Eleandro, ao ouvir o som dos bandidos, pegou uma arma, que usava para defender a família dos frequentes assaltos na região.

Ao verem a arma, os invasores pensaram que o comerciante era policial e atiraram na direção do coração da vítima

Os bandidos ainda ameaçaram matar a esposa de José Eleandro. Toda a ação aconteceu na frente do filho do casal. Vendo a cena, a criança ofereceu o cofrinho aos bandidos, que buscavam dinheiro, e pediu que eles fossem embora.
Um dos suspeitos do trágico assalto foi preso na noite deste domingo (26). Josias Fernandes, de 20 anos, assume a participação no crime, mas nega ter sido o autor do disparo que matou o marceneiro .

Junto com Josias, a polícia encontrou um revólver calibre 32. A perícia agora vai definir se a arma é a mesma de onde saiu o tiro que matou José Eleandro.

O suspeito preso não soube dizer o paradeiro dos outros dos participantes do crime.

Os criminosos deixaram o sítio da família sem levar nada.
Fonte: R7