Quatro homens são presos por vender anabolizantes; um deles é instrutor de academia em Fortaleza

Os suspeitos vão responder por crime contra a saúde pública, com pena de 10 a 15 anos, e um deles também foi autuado por tráfico de drogas

A polícia prendeu quatro homens suspeitos de comercializar anabolizantes em Fortaleza, em investigação da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD). Os suspeitos vão responder por crime contra a saúde pública, com pena de 10 a 15 anos, e um deles também foi autuado por tráfico de drogas. As prisões ocorreram em março deste ano, na Capital.


Alexandre Silva Castelo Branco, 41 anos, instrutor de academia e professor de jiu jtsu, foi preso no Conjunto Ceará. Anderson Clayton Lopes de Melo, de 34 anos, foi capturado no bairro Cajazeiras. Segundo a polícia, ele estava desempregado, e com ele foi apreendida a maior quantidade de substâncias. O suspeito vai responder por tráfico de drogas.

Os outros dois são Francisco Ronaldo Ferreira Dutra, de 32 anos, vigilante preso no Canindezinho, e João Vitor Souza de Araújo, de 19 anos, preso no Mondubim. O rapaz era responsável por repassar as substâncias ilegais para os compradores, segundo a polícia.

Entre os produtos apreendidos também havia psicotrópicos, medicamentos de uso controlado e estimulante sexual. 

Fonte: Diário do Nordeste