O Distrito de Tracupá, zona rural de Tucano, sempre foi uma comunidade auto-suficiente em emprego, renda e abastecimento de água. No entanto, a falta de água virou rotina nos últimos meses. O fato vem gerando revolta entre os moradores, que acusam o poder público de negligência. Segundo Antônio, morador local, falta água a cada mês e, quando ocorre, são mais de 10 dias sem abastecimento. “Quando a bomba não quebra, é porque a obra do Araci Norte quebra algum cano ou fecha algum registro“, disse ele. Ao site A Voz do Campo, João afirmou que nenhuma autoridade dá explicações sobre as faltas de água, assim como não resolvem o problema. “Nós estamos tendo que tomar banho na bica e comprar caminhão pipa. Virou nossa rotina“, afirmou. O site A Voz do Campo entrou em contato com a Secretaria de Infraestrutura de Tucano, que não se manifestou sobre o caso.

Fonte: a voz do campo